Algumas considerações sobre a vida, a morte e sua carreira

Morreu ontem Antônio Ermírio de Moraes, um dos maiores empresários que o Brasil já teve.

A morte chega para todos: pobres, ricos, velhos, jovens, homens, mulheres, empresários, operários, funcionários públicos etc. Não há escapatória. Todos, sem exceção, têm um encontro marcado com seu momento derradeiro.

Para nós que ficamos, resta a pergunta: como posso aproveitar a vida que me foi confiada? Que legado quero deixar para meus sucessores e para a sociedade? Que garantia existe de que você não será o próximo?

Não há garantias. Gaste seu tempo com o que realmente importa. Estabilidade não existe.

Comentários

comentários