Simples assim

Sandro
Toda marca quer encantar, transformar pessoas em clientes e clientes em fãs.

Mas qual é a fórmula pra ser encantador?

Qual é o segredo da Nike, da Apple, da Havaianas?

Como se faz pra arrancar sorrisos e suspiros de alguém?

Como é possível ser lembrado? Ou melhor, como é possível ser inesquecível?

Pense um pouco nos momentos que fazem você sorrir. O que é inesquecível pra você?

Seria o dia em que você recebeu a proposta de casamento? Talvez aquela viagem dos sonhos, o
sabor da comida da sua mãe, a sua primeira venda ou o sorriso dos seus filhos…

Seja qual for, esses momentos têm algo em comum: eles são simples.

Normalmente, a felicidade surge nos pequenos detalhes, e coisas simples se tornam memoráveis
com facilidade – esse é o ser humano.

Mas hoje vivemos num mundo chato, complexo demais, e complexado, também. As pessoas
procuram as coisas mais mirabolantes e pirotécnicas pra tentar encontrar um pouquinho de
prazer, ou então transformam coisas banais em grandes problemas.

Bem, enquanto você perde tempo com isso, as crianças estão crescendo e a comida da sua mãe
está esfriando.

Minha dica é: pare de complicar.

Digo isso não apenas pra sua marca, mas pra você, também. Pare de procurar um sentido ou uma
resposta pra tudo. O mundo deixou de ser um lugar de perguntas e se tornou um lugar de
respostas, e por isso ficou tão chato.

Volte a encontrar alegria nas coisas simples e leve essa simplicidade pra sua marca. Simplifique a
sua vida e depois simplifique a dos seus clientes.

Não existe nada mais sofisticado do que isso. O grande segredo? A simplicidade.

A mesma simplicidade de um chinelo de borracha (que não solta as tiras e não dá cheiro), a
ingenuidade de uma maçã mordida ou, quem sabe, do singelo slogan que resume todo esse papo:
Just do it.

Comentários

comentários