O que é o tal do “impossível”?

Afinal de contas, o que é impossível?

Será transformar o mercado dos EUA num mercado apaixonado pelo futebol, o que se tentou e não deu certo por tantas décadas?

Será transformar o empreendedorismo numa solução acessível a todos que desejam construir uma vida acima da média?

O que é mesmo esse tal do “impossível”?

Será falar um novo idioma sem precisar frequentar uma sala de aula por quase uma década?

Ou o impossível é sair do nada para o tudo, da periferia para o mundo, ou até contrariar estatísticas, padrões e determinismos sociais e ainda arrastar multidões nessa mesma crença?

O impossível é um paradoxo, porque ele é aquela coisa em que acreditamos quando paramos de acreditar. É aquilo a que damos tanta importância quando perdemos nossa própria importância.

Por mais que eu não saiba como, eu sou capaz de fazer o que eu quiser. Isso me motiva a não me acomodar e aprender o que for necessário para chegar mais longe.

Estou absolutamente convencido de que você também é capaz.

Comentários

comentários