Mais uma geração de valor desperdiçada

Não pude deixar de me emocionar. Cada pessoa que aparece neste vídeo, sem exceção, é um GV. Meninos e meninas de grande potencial que poderiam sonhar grande e realizar seus sonhos de forma ainda maior. No entanto, são sabotados pelo país que tem a 8ª maior economia do mundo, onde não falta dinheiro, mas que os mantém reféns de serviços públicos abaixo da linha da dignidade.

As mesmas pessoas, nascendo num lugar que leva a educação a sério, teriam um destino diferente. Esta reportagem do Fantástico de hoje é um flagrante imparcial, com dados oficiais sem maquiagens, da realidade de grande parte das escolas públicas brasileiras. Não pude evitar de imaginar meu filho frequentando escolas como essas. Imagine o seu!

Muito triste e inaceitável que isso exista no Brasil. Agora, experimente abrir uma escola particular. O mesmo governo que age com esse descaso vai lhe impor um padrão que ele próprio não cumpre nem de perto. A quem interessa manter o povo nesse nível degradante de autoestima?

Ao mostrar essa reportagem para amigos estrangeiros, eles não vão acreditar nisso, não vão compreender como isso pode acontecer. Ao mesmo tempo em que a população é tratada com tanto descaso, ela se mantém submissa.

No final da reportagem, de repente, muitas cadeiras aparecem e, segundo um cara de pau de quem não me lembro o nome, mais de 90% dos problemas que existem há anos foram resolvidos enquanto a reportagem estava sendo editada. Será que ele tem tanta certeza assim de que aqui do outro lado só há gente que não pensa?

Agora, faz uma pesquisa com as mesmas pessoas que são desprezadas diariamente por esses serviços públicos e pergunta em quem elas vão votar em outubro. A resposta nós já sabemos…

Comentários

comentários