Daqui a 20 anos é agora

Quando somos jovens, 20 anos parecem uma eternidade. Mas eu digo a vocês uma coisa: passam num estalar de dedos. Quando você entende a brevidade do tempo, faz mais sentido aquela frase: “Seu futuro está sendo decidido neste exato instante pelas escolhas que você acabou de tomar”.

Pressão? É… bem vindo à realidade. Aprenda a lidar com a pressão, ou melhor, aprenda a gostar dela. Encare a pressão da vida como uma volta numa montanha russa. Dá medo. Mas, depois que termina, temos vontade de dar mais uma voltinha.

Quando entendemos a brevidade do tempo, percebemos que o futuro não é um lugar tão distante assim, mas um lugar mais perto do que imaginávamos. Felizes são aqueles que descobrem isso ainda no presente. Porque, depois que que o futuro chega, não é mais possível voltar atrás e refazer as antigas escolhas equivocadas.

Você colhe o que planta. Você está colhendo o que plantou no passado ou o que seus antepassados plantaram. Além disso, está plantando o que colherá daqui a pouco, num estalar de dedos: o futuro.

O plantio é opcional. Você tem o poder de escolher o que plantar. No entanto, a colheita é obrigatória. Ou seja, não adianta chorar e babar até sair meleca do nariz. Vai colher e ponto. Essa é a regra do jogo da vida.

Portanto, a hora é agora. É nesta semana. Seu futuro, seus filhos, as próximas gerações clamam por suas escolhas neste exato momento.

Uma coisa é certa: daqui a 20 anos começa agora.

Comentários

comentários