Sente o tranco!

• Há 27 anos, comecei uma saga andando em transportes públicos lotados da periferia para o Centro do Rio de Janeiro em busca dos meus sonhos.
• Por 3 meses, meu 1º escritório foi um telefone público.
• Por 11 anos, trabalhei mais de 13 horas por dia sem contar as 4 horas no trânsito do Rio de Janeiro. Quase sempre, falando ao telefone.
• Por 4 anos, viajei a 3 cidades por semana, Brasil afora, para manter o negócio girando.
• Superei frustrações sozinho todas as vezes que tive vontade de jogar tudo pra cima e desistir.
• Por 23 anos, empreguei meu próprio dinheiro, muitas vezes alavancado no banco e assumindo enormes riscos.
• Escrevi 3 best-sellers.
• Empreguei milhares de pessoas.
• Paguei milhões em encargos sociais.
• Paguei milhões em impostos.
• Paguei milhões em juros para bancos.
• Convivi arduamente com a burocracia estatal.
• Aturei fiscalizações e alguns processos trabalhistas abusivos de ingratos e traidores.
• Flagrei 3 casos de empregados roubando a empresa neste período.
• Passei por uma taxa inflação de mais de 86% ao mês, mudanças de planos econômicos, 2 impeachment’s de Presidente da República, assim como crises políticas e econômicas de toda ordem.
• Criei produtos que não deram certo e vários que foram bem-sucedidos.
• Construí um estádio sem dinheiro do governo em outro país.
• Recomprei uma empresa em situação difícil e levantei ela em menos de dois anos.
• Centenas de pessoas construíram uma vida muito confortável e bem acima da média trabalhando como executivos e franqueados dos meus negócios.
• Fiz tudo isso morando em 7 diferentes países, sem curso superior, sem tempo de frequentar palestras, eventos de network e principalmente sem JAMAIS ter feito um contrato sequer com o GOVERNO.

E ainda assim, depois dessa coleção de realizações em quase 3 décadas, tendo começado do zero, ainda hoje eu ouço playboy dizendo que eu sou SORTUDO‬.
Só posso concluir que além de sortudo eu sou mesmo é MUITO BURRO. Porque com essa sorte toda, que os playboyzinhos criados com leite com pêra dizem que eu tenho, eu deveria é jogar na LOTERIA. Se eu fizesse isso, não ganharia tanto dinheiro quanto eu ganho empreendendo, mas pelo menos daria bem menos trabalho.

Entenda uma coisa:

Trabalhar com know-how dá sorte.
E incomoda.

Comentários

comentários